Novo Futebol: O Recomeço

12 de julho de 2014

 

Anos atrás criei este blog com a intenção de informar e dar espaço ao público para discutir diferentes questões sobre o Futebol.

Parei de escrever em novembro de 2012, pois resolvi fazer algumas ações mais direcionadas face to face e mais adiante ter maior conteúdo prático para discussões de perguntas e respostas.

O que me faz voltar a escrever é justamente este nosso “momento”.

Oportunista? Não.

O último post, em 2012, foi exatamente sobre o que Paul Breitner falou do Futebol do Brasil em entrevista a Sportv e muitos criticaram sua visão.

Quase dois anos depois, Paul Breitner provou sua teoria na pele de todos nós, justamente com a seleção do seu país. E pior: contra nós e em nossa casa. Tudo que vem, volta. Lei da ação e reação. E nós brasileiros realmente não somos humildes e isto refletiu agora.

Quando iniciou a Copa do Mundo e todos apostavam em seus “Bolões”, fiz também o meu, mas não valendo dinheiro e sim o resultado de outro passo evolutivo para o nosso futebol, não contando com o Brasil campeão. Meus posts no Facebook, Twitter e Instagram são prova disto e de quem seria a melhor opção para nosso bem.

Torcer contra? Não.

Ser patriota ou não é questionável. Depende do ponto de vista de cada um.

Eu sou razão neste momento e penso a longo prazo. Se ganhar, que ganhemos bem e com estrutura, com desenvolvimento, aprendizado, conteúdo, tudo isto transformando-se em merecimento. Isto também entendo como patriotismo. Porém não condeno quem pensa hoje com o coração. Cada um tem suas idéias, sejam elas quais forem.

Torci a favor do nosso bem, onde infelizmente para termos mudanças sacrificamos pessoas inocentes para que também usufruam do resultado do desenvolvimento. Quando não se tem humildade, necessita-se chegar ao fundo do poço e ter dificuldades para subir. Assim se aprende, assim se evolui.

Peço para todos que pensam na evolução do Futebol exponham suas idéias e coloque-as na “rua”, sejam elas com “pé no chão” ou “totalmente absurdas”, pois fará todos refletirem, filtrarem e formarem suas próprias teorias, num segundo momento racionais. Todos grandes gênios tinham suas idéias absurdas e depois as transformaram em racionais.

Destes pequenos atos, iremos ajudar o nosso NOVO FUTEBOL.

Paul Breitner afirma que futebol brasileiro está ultrapassado

30 de novembro de 2012

Em entrevista ao Arena Sportv, Paul Breitner, ex-jogador da Seleção Alemã e Campeão do Mundo em 1974, deu uma declaração muito enfática sobre o futebol brasileiro dizendo que nosso futebol está ultrapassado.

Não condeno o que ele diz, pois esta não é a opinião dele e sim uma visão da grande parte da Europa, onde pude escutar com meus próprios ouvidos as mesmas linhas de raciocínio que ele mantém em seu discurso.

Comenta que o futebol brasileiro está defasado e que o Brasil deveria olhar um pouco mais o europeu, pois durante anos foi grande, porém a mentalidade não mudou e ninguém será o melhor do mundo para sempre. “Brasil ‘dormiu’ e parou no tempo. Não se pode achar que ainda é o melhor futebol do mundo”, disse ele. Subentende-se que o Brasil precisa ser mais humilde em escutar, refletir e evoluir.

Expôs também que no Brasil necessita-se jogar um futebol mais rápido e dinâmico, forma esta que cada vez mais nos leva assistir jogos dos campeonatos europeus na televisão.

Vale a pena ver a entrevista dele, pois expõe opiniões fortes e, infelizmente, realistas do nosso futebol.

Aconselho a dirigentes, imprensa, jogadores e técnicos, principalmente que atuam na área de formação que vejam e reflitam sobre isto e não apenas como mais uma simples informação.

Abaixo o link:

http://globotv.globo.com/sportv/arena-sportv/v/campeao-do-mundo-em-1974-paul-breitner-afirma-que-o-futebol-brasileiro-parou-no-tempo/2265957/

Denilson se emociona ao comentar sobre empresário que o roubou

21 de novembro de 2012

Acompanhamos muitas notícias e matérias sobre empresários e ninguém sabe realmente a verdade.

Denilson, ex São Paulo, Palmeiras, Betis e Seleção Brasileira, em entrevista ao programa Papo de Boleiro falou sobre o empresário que trabalhava na época porém não citou nome, mas se emocionou não somente por alguns pares de milhões que perdeu, mas sim pela pessoa que confiava cegamente ter o “roubado”.

Sabemos que esta profissão, mesmo que não regulamentada, move muitos negócios e realmente não são claros. Existem os Agentes FIFA, onde há uma regulamentação porém ninguém respeita totalmente, sejam os jogadores, clubes ou os próprios agentes, e a FIFA há anos faz de tudo para abolir.

Seriam interessantes mais relatos de jogadores expondo o que passaram com seus empresários sejam eles bons ou ruins e assim o leitor poderia saber um pouco mais da verdade de cada um, além do perfil. Sabemos que vira e mexe, as mesmas pessoas aparecem no mercado. Vejo depoimentos ainda muito mascarados e defendo a forma clara de expor.

O leitor acompanha as matérias, nós sabemos quem é quem, pois estamos no meio.

O mercado necessita de pessoas de pulso, que falem o que pensam e façam evoluir esta profissão que é tão importante para a evolução do futebol.

Somos uma das maiores partes da engrenagem do futebol, mas poucos sabem disto.

Como expus no programa do João Batista Filho e do Fiorin na Rádio Guaíba, quando me perguntaram sobre o meio “sujo” do futebol, disse não saber se a palavra “sujo” não seria um pouco forte, mas é um meio totalmente antiético, onde os negócios não são muito transparentes, pois alguns “profissionais” fazem questão que sejam confusos.

Vale a pena conferir a entrevista do Denilson falando a verdade sobre sua relação com o antigo empresário. O depoimento começa no minuto 09:39 para quem não quer ver toda a história:

assistir.htm?&tagIds=24268&time=all&orderBy=mais-recentes&edFilter=editorial&video=denilson-chora-ao-lembrar-do-golpe-que-sofreu-do-empresario-04024E183772D8C13326

A promessa de Romário para implantação da CPI

19 de novembro de 2012

Romário, hoje Deputado, vem transferindo sua personalidade forte que tinha quando jogava para defender suas idéias na política.

De acordo com a matéria exibida hoje pelo UOL de São Paulo, ele fez duras críticas à CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e ao COB (Comitê Olímpico Brasileiro) pelo seu Twitter, neste sábado, e prometeu colher assinaturas para que duas CPIs fossem instauradas para investigar supostos esquemas de corrupção envolvendo as entidades.

Também defendeu a intervenção do Estado nestes órgãos.

Atitudes como a de Romário ainda são raras no futebol e nosso mercado precisa de mais pessoas com este perfil.

Muitas auditorias necessitam ser feitas, principalmente nos Clubes e com as pessoas que os cercam, pois muitos estão esgotando a fonte que gera o grande canhão da vida dos brasileiros: o Futebol.

Acompanhe a matéria na íntegra:

http://terceirotempo.bol.uol.com.br/noticia/romario-promete-colher-assinaturas-para-implantar-cpi-na-cbf-e-no-cob-75670?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter

Os Donos da Bola

12 de novembro de 2012

Em matéria escrita por Jones Lopes da Silva, Paulo Germano e Guilherme Becker, iniciada no domingo e que irá até a próxima quarta-feira, agentes e jogadores foram entrevistados e analisando dois textos, há opiniões divergentes entre os depoimentos dos empresários e o jogador entrevistado.

Todos tem suas razões e cada um trabalha de acordo com seu perfil e planejamento, visto que todos tiveram sucesso.

Ao acompanhar a entrevista do jogador Tinga, fiquei realmente impressionado com a leitura que faz do mercado.

Ele tem meu apoio no momento em que expõe que os jogadores estão esquecendo de jogar e apenas preocupando-se em TER.

Claro que isto é uma lógica de mercado onde, quem tem mais, leva, porém tais posturas prostituem o mercado e frenam quem pensa em evoluir o futebol, pois tudo reflete no mesmo fim: jogar futebol.

Gostei do assunto e acho muito pertinente.

Como estamos próximos a estes dois lados, quem sabe possamos acrescentar alguns detalhes ao longo das próximas matérias exibidas.

 

Veja alguns trechos ditos nas duas matérias:

Empresários

“– Parabéns pelo filho, seu Nilson. Vamos jantar na semana que vem, sim – e, quando desliga, é questionado pela reportagem sobre quanto gastará para obter a procuração do rapaz, um lateral promissor.”

– Acho que uns R$ 30 mil ou R$ 40 mil. Talvez um carrinho para o pai – calcula ele, para refletir em seguida: – Somos uma empresa que precisa de mercadoria para vender.”

“– Nossa profissão é malvista porque poucos são sérios. Tem muito picareta mesmo.

Tinga

“— Os caras estão esquecendo de jogar futebol, estão saindo do foco. Não sei dizer se essa geração é preguiçosa, mas o mercado proporciona essa bajulação toda. Não penso em trabalhar com isso. Eu não teria estômago para ver um guri de 15 anos me exigir carro ou dinheiro.”

“— O resumo de tudo é jogar bola. Ninguém quer saber como e por que o Neymar se tornou esse grande jogador. Querem saber quem é o empresário dele. É uma reclamação constante entre muitos jovens jogadores: “não joguei porque meu empresário não era bom”. Mas como? O empresário vai entrar em campo e jogar? — questiona.”

“Antes de jogar, o garoto exige uma chuteira de marca. Antes de marcar gols, quer dinheiro. Antes de ir à Seleção, deseja ser tachado de craque. Convive com a estética como uma causa, não como uma consequência. Fadado ao sucesso, abraça o fracasso.”

“— Para o jogador, é mais fácil. É um caminho para não fazer outra coisa. O empresário não sabe como fazer, mas dá um carro para o pai do menino de 14 anos e “se garante”. Não entende de futebol, mas, se o guri estourar, está “garantido”.”

 

Confira as matérias:

http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/esportes/noticia/2012/11/jorge-machado-e-gilmar-veloz-empresarios-dos-milhoes-3946320.html

http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/esportes/noticia/2012/11/em-entrevista-tinga-fala-sobre-a-relacao-jogador-x-empresario-os-caras-estao-esquecendo-de-jogar-futebol-3946820.html

Rótulos dos Atletas: Jornal argentino diz que Maradona se separou de namorada grávida de quatro meses

4 de novembro de 2012

Para quem não ficou sabendo de mais boatos sobre a vida do argentino Diego Maradona, segundo o jornal argentino “Crónica”, noticiado cerca de 2 semanas atrás, o ex-jogador se separou de sua namorada, Verónica, que está grávida de quatro meses do ídolo, após oito anos de relacionamento. Segundo a publicação, a crise começou quando a gestação se tornou pública, o que teria irritado a ex-mulher de Maradona, Claudia Villafañe (mãe de Dalma e Gianinna, a mulher do atacante Agüero, do Manchester City).

Mesmo que tudo tenha sido desmentido perante a imprensa, sabemos bem como funciona a vida do argentino.

Maradona sempre teve uma vida extremamente conturbada e sua carreira foi marcada por glórias e escândalos.

Mesmo sendo um jogador extremamente diferenciado e ídolo na argentina e no mundo, é impressionante como o mercado cria marcas que se tornam os rótulos destes atletas que, se com uma carreira equilibrada, poderiam ser reconhecidos apenas por suas glórias.

Sabemos que todos em sua vida particular tem seus problemas, porém é uma pena um ídolo na maior parte das vezes ser lembrado envolvido em escândalos.

Dener, o Eterno Genial

2 de novembro de 2012

Não precisa ter nascido muitos anos atrás para ter acompanhado a curta e genial carreira de Dener Augusto de Sousa ou simplesmente Dener, infelizmente encerrada por um trágico acidente de carro que segundo laudo o motorista teria dormido ao volante.

Em 1982, aos onze anos, Dener entrou pela primeira vez no Estádio do Canindé para defender a equipe mirim da Portuguesa de Desportos. Quatro anos mais tarde, teve de abandonar o sonho de fazer carreira no futebol para ajudar a mãe com as despesas de casa.

Órfão de pai desde os oito anos, Dener e os irmãos tiveram de começar a trabalhar para ajudar no sustento da família. Ele estudava pela manhã, trabalhava à noite e jogava futebol Salão de por cachê na Vila Mariana, pelo Colégio Bilac, onde foi campeão em torneios Intercolegiais, como a Copa D’anup – Jovem Pan.

Em 1988 voltou a treinar nas categorias de base da Portuguesa de Desportos, após uma passagem frustrada de dois meses pelo São Paulo. O treinador Antônio Lopes, na época treinador da equipe sênior, promoveu o jogador à categoria mesma equipe, transformando-o em profissional. Dener treinava entre os seniores e ainda jogava pelo juniores, e foi assim que levou a Portuguesa ao primeiro título do clube na Copa São Paulo de Futebol Júnior em 1991, sendo no fim eleito o melhor jogador do campeonato.

Com apenas 20 anos o jogador teve a sua primeira oportunidade com a camisa da Seleção Brasileira e em 27 de Março de 1991, contra a Seleção Argentina em Buenos Aires, fez a sua estreia.

Em 1993 Dener foi emprestado por três meses ao Grêmio onde conquistou o seu primeiro título numa equipe profissional. No fim do empréstimo, o jogador retornou à Portuguesa para disputar o Campeonato Brasileiro.

No ano seguinte o jogador foi novamente emprestado, agora para um clube carioca, o Vasco da Gama. Este seria o seu último clube até a sua prematura morte.

Eu era jovem e fiquei chocado quando recebi a notícia. Lembro que vi a foto do acidente estampada na capa da Zero Hora e não sabia o que pensar.

Ele era meu ídolo e quando uma criança recebe uma informação destas, ela parece não acreditar, pois os ídolos são eternos e hoje sei que elas tem razão, porque realmente são.

Tive a felicidade de acompanhá-lo ao vivo quando pequeno meu pai me levava ao estádio nas partidas de futebol e desde então comecei a entender o sentido da palavra GENIALIDADE.

Dener era gênio e para mim sempre será, pois em minha memória sempre estarão os lances extraordinários e sua forma genial, alegre e moleque de jogar.

Fica a saudade de meu ídolo e que certamente deixou saudade para muitas pessoas que, assim como eu, adoravam ver o futebol irreverente em campo do garoto Dener.

Que sempre descanse em paz ETERNO DENER.

2 de abril de 1971 – 19 de abril de 1994

 Acompanhem alguns vídeos históricos:

Gols na Década de 90

http://www.youtube.com/watch?v=z6lRms2aNeU

Dener: Dribles Geniais

http://www.youtube.com/watch?v=W0D7EzR_GEA

Dener impressiona a Seleção Pré-Olímpica

http://www.youtube.com/watch?v=vcfOWHeNwWY

Dener e Grêmio – RBS – Gols

http://www.youtube.com/watch?v=EEmbvBSs5Ag

Dener – Caneta pelo Grêmio

http://www.youtube.com/watch?v=kQv-fKkXSiE

O sonho de Bolt no Manchester United

1 de novembro de 2012

Assim como a maioria dos garotos em todo mundo, o jamaicano multicampeão Olímpico, Usain Bolt um dia também teve o sonho de ser jogador de futebol. Quando criança sempre quis fazer um teste em seu Clube de Coração: o Manchester United.

O sonho dele está muito próximo de ser realizado, pois o técnico dos Red Devils, Sir Alex Ferguson, admitiu convidá-lo para o jogo beneficente em 2013 contra astros do Real Madrid.

Bolt foi homenageado pelo Manchester United há duas semanas, antes da partida contra o Fulham pela Premier League.

Como disse preferir jogar de lateral esquerdo, se ele conseguir arrancar pelo flanco com um pouco da velocidade que tem vai dar “trabalho” para o adversário e contagiar o espetáculo.

Agora basta aguardar este jogo para vermos o grande ídolo e garoto propaganda jamaicano entrar nos gramados.

Meia Lampard na mira da MLS

30 de outubro de 2012

 

 

 

 

 

 

O meia do Chelsea Lampard, de 34 anos, entrou na mira dos executivos da Major League (MLS). O comissário da liga profissional, Don Garber, afirmou em Londres que o jogador seria muito bem vindo a MLS.

“Lampard é um grande jogador, um grande nome da história do futebol. Se ele decidir jogar na Major League Soccer, estou certo que qualquer clube ficaria feliz em contratá-lo”.

De acordo com que Garber disse, notamos fortemente a preferência por jogadores reconhecidos no mercado e com idades um pouco elevadas. Esta é uma estratégia adotada pelos americanos com o intuito de utilizar o marketing no futebol.

Acredito que eles poderiam começar a “mesclar” jogadores estrangeiros mais jovens considerados “top”, pois ainda não notaram a força que tem o mercado e que podem transformar-se numa potência mundial, uma vez que o país tem dinheiro e organização.

Apenas falta incentivo e maior visão para este nicho em ascendência que tem tudo para ser um dos “grandes” no futuro, torne-se uma cultura no país.

Obs.: A MLS possui alguns times canadenses em sua Liga.

A gravidade das más influências

28 de outubro de 2012

Tivemos alguns exemplos de jogadores que são autuados em blitz com supostas carteiras de motorista falsas. Cada vez que ocorrem estes fatos, eles viram tema de notícias e são muito comentados na imprensa aqui no Rio Grande do Sul, mais especificamente em Porto Alegre, tivemos três um pouco mais divulgados.

Não podemos eximir o atleta da culpa, pois é um adulto e precisa responder por seus atos, porém o futebol nos rodeia de muitas pessoas ruins e mal intencionadas e estas, geralmente, induzem ao erro pela proximidade e a forma de “amizade” que exercem. Sabemos que o próprio atleta não faz isto sozinho e assim aparecem os intermediários que geralmente “facilitam” a vida dos jogadores.

Os jovens atletas que iniciam suas carreiras precisam de acompanhamento próximo, pois na maioria das vezes confundem os atos e não veem a gravidade de certas ações. Esta fase de crescimento profissional ocorre muito rápido e alguns detalhes importantes se perdem no caminho. Neste momento torna-se fundamental a orientação da família e de quem os assessora.

Portanto os atletas, mais do que nunca, precisam prestar atenção e estar cientes das suas companhias e escolher pessoas de confiança para que os orientem conjuntamente  à sua família.